22/11/16

ESTÁ ABERTA A TEMPORADA DE SORVETES CASEIROS

estrelinha de manga & coração de banana com mirtilo

Um jeito muito divertido, gostoso e refrescante de fazer a criançada - ou a gente mesmo - comer um monte de frutas, e que de quebra evita que as pobrezinhas virem natureza morta na fruteira, é fazer sorvetes caseiros. A receita é muito simples: bata a fruta no liquidificador com pouquíssima ou nenhuma água, coloque o creme em forminhas de silicone ou copos descartáveis, espete um palito de sorvete e congele. Gosto de bater as frutas sempre com uma colher de sopa de óleo de coco e uma pitadinha de canela. Faz toda diferença porque o óleo de coco é emulsificante e a textura do seu picolé artesanal fica ainda mais macia e a canela dá aquela perfume e sabor sutil, especial. Os campeões aqui de casa são o de manga (que pode ser manga pura ou com suco de laranja, creme de inhame ou gengibre), framboesa (pura batida com uma micro água) e o de banana com morango e pera. Mas você pode usar as frutas que tiver disponíveis aí na sua cara ou criar o sorvete que bem entender. O importante é investir em forminhas bonitinhas (que podem ser simples copos descartáveis de plástico ou papel) e palitos de madeira e brincar com as cores das frutas para que o resultado fique bem charmoso.
só manga e amora. um hit absoluto.

manga e amora mini

manga, gengibre, suco de laranja, canela e hortelã

manga e nada mais
iogurte natural batido com mel e canela e pedaços de morango e mirtilos inteiros (o único não vegano aqui de casa). foi feito no copinho dsscartável (para soltar rasgue o copo)

gelinho de manga sobre coco quente. arrisco dizer que a manga está para o coco assim como Romeu para Julieta.

Muito amor no seu verão!

Batendo um bolão

Em vez de preparar um bolo de chocolate gigante, que corre o risco de ressecar, estragar e ir parcialmente pro lixo 😢, faça minicupcakes 🍰😊. Embalados em saquinhos de plástico e bem vedados com fitinhas, solitários ou em duplas, preservam a umidade e o sabor e podem ser congelados e resgatados em momentos cruciais na vida de uma mãe maratonista. Vão direto do freezer pra lancheira da escola ou pro passeio no parque no fim de semana pois descongelam em no máximo meia hora em temperatura ambiente. Aqui em casa, somos duas pessoas e um bolão inteiro sobra na certa. Os minibolinhos, além de evitarem o desperdício, serem adorados pelos pequenos e facilitarem cerca de 85% o rolê infantil da corrida vida maternal, são muito charmosinhos e transformam-se instantaneamente em graciosos mimos pra levar em visitas pra amigxs queridxs. ✌👌👍💘

27/10/16

design de supermercado ou macarrão não é arroz feijão

Rolê no supermercado pode ser arroz, feijão, óleo e macarrão. Mas é possível sofisticar com louvor a cesta básica com ítens de design que não deixam nada a desejar aos encontrados em lojas descoladas de decoração. E a rainha da beleza para o lar das gôndolas de 2016 é a marca Finlandek, encontrada no Extra e no Pão de Açúcar. E não, não ganhei nem um ralador de parmesão para anunciar o grande vencedor da categoria (mas choraria chá verde com hibiscos se uma garrafa térmica retrozinha azul turquesa e prata deles chegasse aqui em casa com um cartão de agradecimento. endereço inbox).

Nem a luz branca e fria do Extra Ricardo Jaffet, na zona sul de SP, foi capaz de ofuscar o garbo desta cadeira de ferro laranja vida boa (nome inventado com inspiração na nomenclatura sensorial das cores de esmalte, que escancara todas as amarras da criatividade), empilhada numa lasanha de pedaços de papelão e peças irmãs. Toda linda, confortável, luminosa e resistente para atualizar a clássica cadeira macarrão de varanda em um espaguete à putanesca com lagostins na sala da minha casa por R$ 250,00.

Um banquete mobiliário que ganhou lugar de destaque na sala, num cantinho especial e refrescante, quase um pedacinho de Itamambuca no Cambuci, que inclui ainda outros ítens nobres de supermercado. O imponente lírio da paz veste vaso de plástico vermelho para dar mais dramaticidade ao ambiente, enquanto o frescor perfumado do alecrim surge em bowl (aka tigelinha) de bambu para harmonizar os tons ferventes com neutralidade natural. Tudo do Pão de Açúcar. Para deixar a composição mais selvagem, uma girafinha de plástico de loja de 1,99 curte sua savana, fincada na terra do lírio.

O poster lambe-lambe liiiindo do Jazz na Fábrica é o programa do festival do Sesc Pompeia (e não custou nada, só a cara de pau de levar as três cores disponíveis pra casa) que estava esperando a configuração ideal para ganhar a parede. E se a grana tá curta pra mandar fazer a base de madeira na loja de molduras, cole com brioches. Ou fita-crepe, como fiz aqui.

A gravura de pássaro do Speto (1/100 de uma edição limitada em papel perolado) hoje custa cerca de 2 mil reais mas quando comprei na Choque Cultural, em 2005, foi R$ 70. Invista seu olhar em novos artistas. Além de ser mágico, pode ser um bom negócio.

E corre no Extra da Jaffet que ainda tem mais uma meia dúzia dessas cadeiras lindas, em laranja e num azulão petróleo bem do bonito.

01/01/11

BARATO TOTAL: PITANGA NO PÉ



Em novembro, São Paulo cansou de tanto cinza e presenteou a gente com um pouco de cor. As  pitangueiras de asfalto ficaram cheinhas de frutinhas azedas cor de laranja e quem parou para para contemplar e fazer uma boquinha, pôde viver momentos encantadores (né, Malluzinha?).

A Partir de 1,99
nutre amor por prazeres do mato na cidade e elegeu o fênomeno o BARATO TOTAL do mês: Pegar fruta do pé é lúdico, grátis, nutritivo e altamente delicioso! Confira na árvore frutífera mais próxima de você.

COMEDORIA DO SESC

Uma boa relação entre custo e benefício faz a gente se sentir feliz, inteligente e respeitado. O A Partir de 1,99, que tem o Dia% como supermercado bom e barato oficial (o que são aqueles canudinhos de biju com recheio cremoso de chocolate por R$ 1,35? Hen? Hen?), elege a Comedoria do SESC o melhor lugar para desfrutar de comidinhas saudáveis, saborosas e com apresentação bem cuidada por um precinho beeem pequenininho. Já imaginou divertir-se com um combo de saladinha de folhas e grãos com nozes + sopa de legumes quentinha + sobremesa criativa (manjar de ameixa com creme de doce de leite ou brigadeiro de café), em ambiente agradável com decoração caprichada e desembolsar cerca de R$ 10? Pois quem mora em uma das cidades contempladas com um SESC ou já curtiu bons momentos em suas graciosas lanchonetes/ restaurantes, sabe bem disso (ou deveria saber. corre lá!). As louças e as embalagens descartáveis também são muito bonitinhas.

23/08/10

A PARTIR DE 1,99 HOJE, AO VIVO NO LOGIN, DA TV CULTURA

Queridos leitores e leitoras, estarei hoje, ao vivo e com um pouco de vergonha, às 19h, no programa Login , da TV Cultura (SP), falando sobre decoração baratinha. 


Também vai rolar uma materinha que fizemos na 25 de Março. Decorei o banheiro do apresentador com R$ 90. Assistam e mandem perguntinhas por twitter @programalogin ou e-mail. Se quiser pode assistir na internet aqui.


To indo! beijo 

17/08/10

Se Disco é Cultura, Correio é Romance


Segunda-feira fria gelada em São Paulo. Loucura coletiva, correria, telelefone, um milhão de e-mails para ler e escrever, trabalho, correspondência - PAUSA - opa, correspondência? Ah tá, contas. Nãoooo! Recebi uma caixinha/ carta da minha amiga Marieta, a Massa, lá da Bahia! Sabe quando muda o dia? Alegria quentinha no meio da tarde, curiosidade de criança. Delícia! Dentro da caixinha amarela e azul do correio: Brisa baiana, lata linda de manteiga Itacolomy (nunca tinha visto esta!), cocadinhas de caixinha e os melhores sorrisos e sabores,  "papéis estimulantes", como dizia a cartinha.

Muito estranho pensar que um monte de gente jovem não sabe que as pessoas podem escrever umas para as outras e enviar suas cartas e cartões pelo correio. O SESC Pompeia, em São Paulo, criou uma mostra linda chamada As Palavras e o Mundo (fica em cartaz até outubro e é DEMAIS!). Lá, os visitantes podem escrever cartões postais para qualquer lugar do mundo, basta depositar em uma caixinha de correio ( o SESC se responsabiliza pelo envio). Com a brincadeira descobriu-se que a maioria das crianças achava que correio servia só para receber contas! Que mundo mais cinza! Sendo assim se "Disco é Cultura", "Correio é Romance" e vamos, eu, a Massa e quem mais quiser, tratar de alimentar esse ritual tão agradável. Coisa mais querida, Marieta! Amei! Tô preparando a "resposta".

01/07/10

Cenas do cotidiano de um lar - take 1


quarta-feira + visita de amiga + conversa + chá + um queijo grandão +  pão francês = aconchego


leia mais

Related Posts with Thumbnails